Realidade Aumentada aplicada a games

Realidade Aumentada aplicada a games

Raul Tabajara, sócio-fundador da Carranca Games e um dos professores da Escola Brasileira de Games fala sobre Realidade Aumentada e como essa tecnologia foi utilizada no game Kaiju:Infestation

A grosso modo a realidade aumentada é um holograma. Então podemos dizer sem problema que o aparelho mobile (celular ou tablet) projeta um holograma sobre um tabuleiro e o jogador tem a sensação de ver o jogo e os personagens acontecendo em cima de uma superfície real.

A diferença entre Realidade Aumentada e holograma é que a Realidade Aumentada, diferente do holograma, acontece apenas dentro de um ambiente digital. O usuário da realidade aumentada deve apontar sua câmera para um ponto e, dentro das imagens captadas por tal câmera, a tecnologia projetará o holograma como se elas estivessem no local, permitindo ao usuário uma nova forma de enxergar a realidade, ou seja uma realidade aumentada pelos cálculos 3D.

Apesar da Realidade Aumentada ser uma tecnologia relativamente antiga (aproximadamente 10 anos) poucas pessoas a usaram nessa vertente de jogos. Isso por dois motivos: primeiro porque a tecnologia de 10 anos atrás não permitia que aparelhos pessoais suportassem o software e os cálculos de holograma por rastreio de imagem. Segundo porque, mesmo há 2 anos, quando tal tecnologia era acessível, os desenvolvedores de jogos descartaram a tecnologia como algo rentável – afinal pra se jogar em realidade aumentada o tabuleiro é imprescindível, e o melhor para produtoras é que o usuário consiga jogar seu APP em qualquer lugar, e não apenas na sua casa, de frente para o tabuleiro. Então, seja por conta da tecnologia não evoluída ou seja pelo fato de que a tecnologia é dependente de que o usuário não se locomova e tenha seu espaço pra jogar, ninguém arriscou criar jogos para o estilo.

KAIJU: Infestation é um jogo do tipo Mini-Game, feito para aparelhos mobile e foi desenvolvido com a tecnologia da Realidade Aumentada fazendo com que o seu aparelho mobile (tablet ou celular) seja a arma da protagonista e tornando o jogador em seu Robô Gigante. Na história do jogo a protagonista é a filha de um cientista que morreu logo após ter conseguido criar um Robô Gigante que pudesse enfrentar KAIJUS: Grandes Monstros desconhecidos que vêm do fundo do mar.

O jogo se passa em uma ilha não muito distante à cidade onde foi construída uma usina termo-nuclear. Mas, por algum motivo, a tecnologia da usina faz um som horrível para os Kaijus e uma ninhada acordou e está indo destruir o local.

Como os Kaijus são irracionais, não sabem que, se destruírem a ilha, eles e toda a cidade explodirão junto com a usina. Motivada por salvar a cidade e continuar o legado de seu pai a protagonista Kaori, faz os últimos ajustes no Robô e vai tentar impedir a catástrofe.

O jogo Kaiju: Infestation é um jogo do tipo FPS (First Person Shooter / Jogo de tiro visão primeira pessoa) e funciona com a tecnologia de Realidade Aumentada. Isso significa que para jogar é necessário ter o tabuleiro do jogo, onde o cenário irá surgir. A dinâmica do jogo é bem simples: Mate os KAIJUS antes que eles destruam a usina. Para isso o jogador dispões de algumas armas: as armas do próprio robô, um rifle laser, um lança mísseis e uma espada laser.

Além das armas do robô gigante, o jogador controlará seu ajudante: um drone, um mini robô que fica flutuando em volta da ilha e serve de arma de auxílio.

O jogo possui a dinâmica de waves. A cada Kaiju morto surge um novo mais rápido e mais forte, deixando o jogo cada vez mais difícil. O objeto final é sobreviver às 8 waves (aproximadamente 7 minutos).

Nós da Carranca Games temos a missão de poder oferecer o lúdico e, por isso, investimos nos divertimos em poder oferecer ao público game uma nova maneira de brincar. Bem como acreditamos que o futuro, com as próximas tecnologias de óculos em realidade virtual (como os novos Google Glasses), a realidade aumentada é o primeiro passo para conquistarmos novos desafios.

Ficha técnica do game:

Trilha sonora – https://soundcloud.com/iervolino/kaiju-infestation
Ficha Técnica de produção – produzido nos estúdios da Carranca Games
Ken Ichi: GameDesigner / Coder – Raul Tabajara: Diretor de Arte / Artista 3d
Alexandre Iervolino – Diretor de Som / Compositor
YugoOhnishi – Ilustrador / Concept art
Eduardo Barbosa – Artista 3D
Claudio Villa – Roteirista Cut Scene
Kaori Fujita – Voz
Agradecimentos especiais à Eduardo Chaves (Lince)

Download do game:

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.CarrancaGames.KaijuRA


Aprenda como ser um produtor de games e conheça as ferramentas mais utilizadas pelos desenvolvedores no curso Introdução à Produção de Games

Saiba mais


Escola Brasileira de Games (EBG) é uma plataforma de ensino, treinamento e aperfeiçoamento de conhecimento nas áreas de gestão empresarial da indústria de jogos, aplicativos mobile e negócios digitais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *