O futuro da internet e as tendências nas mídias digitais

O futuro da internet e as tendências nas mídias digitais

Sócia da empresa de investimentos Kleiner Perkin, sediada em Menlo Park, no Vale do Silício Byers, e listada a 77ª mulher mais poderosa do mundo pela Forbes em 2014, a analista Mary Meeker foi a responsável por apresentar os insights do mundo digital que irão moldar o nosso futuro.

Um dos mais aguardados relatórios anuais de tendências da Internet foi divulgado no evento Code Conference, da Vox Media. O report conta com 294 páginas em que Mary Meeker destacou esse futuro que já está batendo a nossa porta.

1.Assistentes de Voz

A venda de dispositivos de reconhecimento de fala, como o Amazon Echo, alcançou mais de 30 milhões de unidades vendidas no último ano.

2.Comércio eletrônico

É a atividade que mais cresce pelo celular. O Google está expandindo sua plataforma de anúncios para o comércio, enquanto a Amazon está se movendo para a publicidade. O Facebook entra forte nas recomendações para e-commerce.

3.Serviços de assinatura

Plataformas estão apostando primeiro em conquistar suas audiências. Elas oferecem algum tipo de assinatura, e assim, mantem um público fiel ao produto. É o caso de empresas como Netflix e Spotify quem vem apresentando muito crescimento.

Mary Meeker’s 2018 internet trends report | Code 2018

At the 2018 Code Conference, Kleiner Perkins Caufield & Byers partner Mary Meeker released 294 slides in rapid succession, covering everything from smartphone behavior in the U.S. to tech company competition in China.

4.Customização de serviços baseado em dados

Os dados disponíveis em dispositivos móveis passam a permitir um nível maior de customização com resultados, aumentando o engajamento da audiência de acordo com os gostos pessoais de cada um. Isso aumenta, por exemplo, a descoberta de novos artistas no Spotify de acordo com o seu perfil.

5.Os três gigantes da Internet

Google e Facebook agora dividem o pódio de gigantes da Internet com a Amazon. A última, por exemplo, entrega os resultados de busca e vende os produtos de sua base. Google que se cuide 😉

6.Privacidade dos dados

Mesmo com toda discussão sobre privacidade envolvendo o escândalo da Cambridge Analytica e o vazamento de dados do Facebook, ainda há um interesse dos usuários em compartilhar seus dados, desde haja melhorias nos produtos. Meeker apontou que, enquanto somente 25% dos norte-americanos estão dispostos a abrir mão de privacidade, na China este percentual sobe para 38%.

Confira o relatório completo:

Fonte: https://medium.youpix.com.br/o-futuro-da-internet-segundo-mary-meekers-89eb44d9dd4b



Cursos com desconto e sugestões para aprender mais sobre: Tendências em tecnologia e negócios digitais

Saiba Mais

Nosso objetivo é ensinar, incentivar e aperfeiçoar a capacitação profissional através de metodologia inovadora baseada nas experiências e práticas de gestão reais utilizadas pelas empresas no Brasil e no mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *