E-Sports: Do Nicho para o Mainstream

E-Sports: Do Nicho para o Mainstream

A popularidade do streaming aliada aos MOBA’s e Battle Royales tem se tornado uma tendência no mundo dos jogos. Além do mais, os prêmios pagos dentro de torneios tem crescido de forma gradual, permitindo um grande aumento no alcance de público e o engajamento com a modalidade.

Entenda como os E-Sports está mudando o mundo e deixando-o cheio de oportunidade, todo este post foi feito com base na análise de uma das maiores consultorias do mundo a Goldman Sachs.

O Universo dos E-Sports

Quando pensamento em esportes propriamente ditos, estamos falando de uma atividade física que envolve diversas habilidade físicas e cognitivas. Que seria a barreira entre um esporte e um jogo, porém o profissionalismo e a competitividade mudou como o mundo dos jogos funcionavam.

Hoje em dia os profissionais de eSports dispõe de um treino que dura em média, 8 horas por dia, além de treinadores e nutricionistas que fazem o acompanhamento destes profissionais.

Pode-se observar um aumento crescente no número de faculdades que possuem equipe de E-Sports, além disso, esta modalidade está prevista para ser incluída nas olimpíadas de Paris no ano de 2024, segundo uma reportagem da BBC.

e-sports-mainstream-nicho

Assim os E-Sports têm uma forte tendência em um crescimento global, se tornando uma oportunidade de investimento, bem como, se tornará um esporte profissional. Não obstante, podemos perceber um grande crescimento da modalidade em países como Ásia, América do Norte e Europa.

Esse crescimento tem sido tão expressivo que em 2018 já tivemos mais de 167M de pessoas assistindo E-Sports, isso sendo somente 5% das pessoas que jogam algum jogo que é um eSport, portanto ainda existindo uma janela grande para crescimento. Tal fato se dá em decorrência das transmissões ao vivo pela internet, bem como, etapas presenciais que contam com milhares de pessoas, além de narradores oficiais.

Os jogos está vivendo um de seus momentos mais gloriosos da história, e estima-se que em uma progressão de 5 anos, todo o ecosistema seja capaz de crescer mais de 14% de audiência segundo a Goldman Sachs.

e-sports-mainstream-nicho-chart

Para os desenvolvedores

Muito embora várias marcas tenham ganhado espaço e times estejam faturando alto, a maior oportunidade tem ficado para os desenvolvedores. Que não somente faturam no jogo propriamente dito e seu merchandising (Skins), mas também durante os próprios eventos.

O melhor exemplo para 2018 foi o Fortine, gerando, cerca de quase 300 milhões de euros, pois, não somente o Battle Royale estava em alta bem como a tinha um público que envolvia não só jogadores profissionais, como também amadores.

Porém não fique triste que não só os Triple-A que estão dominando o mundo dos eSports, há também jogos Indies que estão tomando este espaço. Um bom exemplo é Rocket League que está iniciando suas competições e está vendo um bom crescimento de seu público.

No entanto as maiores especulações de Goldman Sachs, está nas plataformas Mobile. Uma vez que os jogos são bem acessíveis ao público oriental e aos poucos tem se tornado uma opção ao público mainstream do ocidente, um bom exemplo é o PUBG Mobile.

Aumento gradativo de audiência

Como qualquer esporte é de se esperar que com o aumento de popularidade ele comece a atingir um poder de conquista de fãs. O engajamento com a comunidade acaba criando oportunidades para que anunciantes invistam em propagandas destinadas ao público jovem.

As plataformas como Twitch e Youtube Gaming são os principais meios nos quais os jogos se desenvolvem e atingem o seu público. Tanto de maneira ao vivo, como também em campeonatos gravados.

Um bom exemplo disto foi há poucas semanas atrás quando a Nike assinou um contrato de publicidade com o jogador de League of Legends, Jian ‘Uzi’ Zihao.

Plataformas como Twitch e Youtube Gaming tem se tornado um trampolim para o sucesso e fracasso de jogos e jogadores. Nós vimos como neste ano a popularidade do Fortnite ganhou os céus por meio das diversas Lives na Twitch, onde transmissões do Streamer ‘Ninja’ atraia 628 mil espectadores em poucos minutos.

Ou mesmo para os campeonatos de Leagues of Legends que atrairam um público recorde de espectadores, cerca de 58 milhões.

O crescimento da popularidade dos jogos está diretamente relacionado ao fato de um público global não só pretende assistir as partidas, como também jogá-las para que assim, possa ganhar os prêmios ou mesmo evoluir no jogo.

e-sports-mainstream-nicho-LOL

Modalidades de E-Sports

Como qualquer esporte os E-Sports tem altas, baixas e tendências. Jogos novos surgem tomam o pico e depois se reinventam. Porém o que temos visto é a permanência de gêneros.

MOBA

Não foram os primeiros a fundar o que seriam E-Sports, mas com certeza é graças a esse gênero que tem atingido o grande público.

Multiplayer online battle arena (MOBA, “arena de batalha multijogador online”), também conhecido como action real-time strategy (ARTS, “estratégia de ação em tempo real”), é um modo onde o jogador controla um personagem em uma batalha entre dois times cujo objetivo é derrotar a base inimiga, o gênero nasceu de um MOD (Defense of the Ancients ou Dota) feito para Warcraft III.

A partir daí nasceram os dois mais fortes MOBA’s, League of Legends e Dota 2, que juntos são equivalente a 45% das horas assistidas de eSports.

e-sports-mainstream-nicho-MOBA

Não é preciso destacar o quanto o design do jogo modalidade Moba é atrativo para os jogadores que de uma maneira viciante e simplesmente é focado em ser extremamente competitivo.

FPS

Muito conhecido da infância de muitos jogadores popular até hoje, temos o famoso Counter Strike.

FPS ou First Person Shooter tem como objetivo simular uma ação de tiro, a partir de uma perspectiva em primeira pessoa. Com partidas que podem ser individuais ou em equipes.

CS:GO – FaZe vs. Fnatic [Train] Map 5 – GRAND FINAL – IEM Katowice 2018

The World Championships have arrived here in Katowice, Poland where 16 of the greatest teams face off once again in six days of the best in CS:GO action. Join us as we crown the IEM Katowice season 12 champions.

Fighting

Os jogos de luta estavam entre os primeiros jogos a disputar torneios, com a fundação do que se tornaria a Evolution Championship Series ainda em 1999.

Competições no gênero são geralmente competições individuais com ambos os jogadores jogando na mesma máquina. O gênero originalmente focado em arcade, mas gradualmente mudou-se para console jogar em PC/Console como arcades diminuíram. As franquias Street Fighter, King of Fighters, Mortal Kombat, Marvel vs. Capcom, Tekken, Killer Instinct e Super Smash Bros. estão entre os jogos de luta em nível profissional. Torneios importantes para o gênero incluem o Evolution Championship Series e a Capcom Cup.

Escrito por: Guilherme Carneiro, Redator da Pyre

https://twitter.com/pyreoficial


Cursos com desconto e sugestões para aprender mais sobre: E-Sports e Games de Competição Profissional

Saiba Mais


escola-brasileira-de-games-aprenda-algo-novo-udemy

Nosso objetivo é ensinar, incentivar e aperfeiçoar a capacitação profissional através de metodologia inovadora baseada nas experiências e práticas de gestão reais utilizadas pelas empresas no Brasil e no mundo.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *