Como a Amazon usa jogos para aumentar a produtividade dos funcionários

Como a Amazon usa jogos para aumentar a produtividade dos funcionários

Dentre diversas outras utilidades, a gamificação é frequentemente usada para aumentar o engajamento do público ou tornar uma atividade mais prazerosa. Com uma infinidade de aplicações, a gamificação vem ganhando cada vez mais espaço no mundo corporativo – e a Amazon não é a primeira gigante a se beneficiar disso.

Gamificação aplicada ao trabalho braçal?

Quando falamos em gamificação em empresas, muitas vezes imaginamos estratégias para melhorar o desempenho de funcionários da área administrativa, aumentar vendas ou engajar clientela. Mas a Amazon deu um passo além e trouxe a gamificação para os funcionários que trabalham no estoque dos seus galpões.

Os jogos, que possuem nomes fantasiosos como “Dragon Duel” e “CastleCrafter”, são jogados ao se completar tarefas do dia-a-dia: organizando pacotes de encomendas nos seus devidos lugares. Quanto mais tarefas o funcionário cumprir, mais perto ele estará de finalizar determinadas missões, que podem os recompensar com insígnias de mérito e até mesmo produtos da Amazon.

O objetivo, é claro, é transformar o trabalho braçal monótono de um galpão em algo um pouco mais divertido, aumentando assim a produtividade dos funcionários. Como qualquer fã de jogos digitais já sabe, a busca por uma pontuação maior, a sensação de desafio – e a recompensa ao se completar o desafio – e a competitividade dos jogos pode levar as pessoas a se esforçar mais para cumprir metas e conquistar resultados.

E isso realmente funciona?

Embora ainda não haja métricas públicas para podermos medir o sucesso dessa gamificação, não é difícil entender como essa pode ser uma boa estratégia, se aplicada corretamente. Por exemplo, um funcionário relatou às vezes conseguir mover 500 pacotes em uma hora, empolgado com o jogo e motivado a derrotar seus colegas de trabalho.

A Amazon é mais um exemplo de uma grande empresa aplicando mecânicas de jogos para aumentar o desempenho dos seus colaboradores, o que prova que cada vez mais a gamificação vem ganhando espaço o mundo.

Mas aplicar mecânicas de jogos é apenas metade da história! É preciso também um verdadeiro interesse e preocupação com os funcionários. Se, ao usar a gamificação, a empresa ver seus colaboradores apesar como meios de se alcançar uma métrica, então a estratégia não estará sendo bem aplicada.

Gamificação é muito mais do que uma maneira de ampliar indicadores de performance. Ela é um meio de se humanizar o que de outro modo seriam apenas números.

Escrito por Thiago Fernandes


Cursos online com desconto e sugestões para aprender sobre: Gamificação

Saiba Mais


escola-brasileira-de-games-aprenda-algo-novo-udemy

Nosso objetivo é ensinar, incentivar e aperfeiçoar a capacitação profissional através de metodologia inovadora baseada nas experiências e práticas de gestão reais utilizadas pelas empresas no Brasil e no mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *