Os 4 arquétipos de jogadores de videogames

Os 4 arquétipos de jogadores de videogames

Cresce cada vez mais o número de modelos psicológicos para o público gamer, o que tem proporcionado diversos debates nas duas últimas décadas

Um dos mais antigos e simples desses modelos é também um dos mais referenciados e duradouros: os arquétipos de jogadores, idealizado por Richard Bartle. Sua permanência se deve em decorrência de sua funcionalidade em identificar os tipos de personalidades humanas em um contexto de jogo.

O modelo foi baseado na observação e análise comportamental de pessoas que jogaram juntas um jogo multiplayer, e defende que existem quatro tipos diferentes de tipos de jogadores:
Socializadores (Socializers): preferem se relacionar com outros jogadores, inclusive fora do ambiente de jogo.
Exploradores (Explorers): são interessados em descobrir passagens secretas e easter eggs e desvendar todo o mundo do jogo.
Conquistadores (Achievers): buscam acumular riquezas, fazer pontos e encontrar o máximo possível de coletáveis.
Lutadores (Killers): ocupam-se em afirmar sua existência na competição com outros jogadores ou com o ambiente.

Com este teste você pode descobrir que tipo de jogador é você.

escola-brasileira-de-games-udemy-aprenda-algo-novo

Estes quatro estilos surgem a partir de dois tipos básicos e excludentes de interesse de jogabilidade: Conteúdo e Controle. O Conteúdo define quem gosta de agir de maneira simples e direta em relação aos objetos no mundo do jogo ou de interagir mais profundamente com os sistemas deste universo de jogo. Já o Controle se refere à forma como os jogadores querem experimentar o mundo do jogo, seja por meio dos comportamentos dinâmicos de outros jogadores ou com o mundo estático do jogo em si.

Lutadores e conquistadores têm maior interesse em agir sobre coisas ou pessoas, tratando-os como objetos externos. Ao mesmo tempo, exploradores e socializadores preferem um nível mais profundo de interação com as coisas ou pessoas, concentrando-se em qualidades internas.

Da mesma forma, lutadores e socializadores anseiam por se manter no controle em relação à dinâmica de interação com os outros jogadores, enquanto conquistadores e exploradores estão mais interessados em controlar suas relações com os objetos e com as propriedades do mundo do jogo.

As bases dos arquétipos de jogadores

As principais metas objetivadas pelos jogadores são: Ação ou Interação (ligados ao conteúdo) e Jogadores ou Mundo (relacionados ao controle). Bartle representou estes interesses como duas linhas perpendiculares que criam quadrantes, em que cada um corresponde a um dos quatro arquétipos.

Para identificar seu estilo de jogo preferido, os jogadores devem determinar sua preferência entre Ação ou Interação e Jogadores ou Mundo e em encontrar o arquétipo no quadrante correspondente à combinação escolhida. Um jogador que prefere agir ao invés de interagir e se concentra mais sobre o mundo do jogo do que nos outros jogadores, por exemplo, costuma demonstrar comportamentos do arquétipo Conquistador (Achiever).

Referência: Personality And Play Styles: A Unified Model, Bart Stewart. GamaSutra, 01 de setembro de 2011.


Confira dicas e cursos com desconto para aprender mais sobre: Como Identificar e Fidelizar os Diferentes Tipos de Jogadores

Saiba Mais


A Escola Brasileira de Games (EBG) é uma plataforma de ensino, treinamento e aperfeiçoamento de conhecimento nas áreas de gestão empresarial da indústria de jogos, aplicativos mobile e negócios digitais.

Nosso objetivo é ensinar, incentivar e aperfeiçoar a capacitação profissional através de metodologia inovadora baseada nas experiências e práticas de gestão reais utilizadas pelas empresas no Brasil e no mundo.

6 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *